sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Do ter amigos e do ser amigo de alguém












Eu costumo dizer que tenho muitos amigos.
E fico muito contente por verificar que do grupo constam homens e mulheres de todas as idades (logo, da minha idade, mais velhos e também mais novos) e com uma grande variedade de interesses e opiniões.
Mas, ultimamente, a propósito de situações que tenho vivido, tenho revisto um pouco esta minha afirmação.
Agora, parece-me que devo antes dizer que eu sou amiga de pessoas muito diferentes em todos os aspectos, porque cultivo a convivência com elas (tanto quanto possível e pelas vias mais diversificadas) e procuro apoiá-las em tudo o que posso.
Mas o inverso nem sempre é verdade.
Por conseguinte, não sei se posso dizer que tenho amigos. Se não é melhor dizer que SOU AMIGA DE MUITOS e que TENHO ALGUNS AMIGOS.
OS QUE SÃO AMIGOS QUE SE MANIFESTEM!!!

1 comentário:

Idalinda Dias disse...

Oi Cris! sou tua amiga...e aqui manifesto meu apreço e admiração...espero que estejas bem...beijinhos